MULHER, DEUS TE CONVOCOU PARA SEMEAR.

“A PARABÓLA DO SEMADOR”, uma das parábolas mais importante usada por Jesus esta registrada em Mateus 13:1-23, Marcos 4:1-20 e Lucas 8:4-15. Jesus, freqüentemente ensinava por parábolas. Usava histórias do dia-a-dia para ilustrar verdades espirituais.
A importância desta parábola é salientada por Jesus em Marcos 4:13: "Não entendeis esta parábola e como compreendereis todas as parábolas?" Jesus quer dizer que o entendimento desta parábola é fundamental para entender as outras. Isto porque tudo relacionado ao reino de Deus começa com a semente plantada.
É uma parábola que Jesus explicou especificamente cada passo. Explicou cada elemento, por isto precisamos meditar cuidadosamente.
Esta é a história de um fazendeiro que saiu a semear, lançou sementes em vários lugares e obteve diferentes resultados, por causa do tipo do solo.

A história em si é simples: Observe os tipos de solo. (grife)
"Eis que o semeador saiu a semear. E, ao semear, uma parte caiu à beira do caminho; foi pisada, e as aves do céu a comeram.
Outra caiu sobre as pedras; e, tendo crescido, secou por falta de umidade.
Outra caiu no meio dos espinhos; e, estes, ao crescerem com ela, a sufocaram.
Outra, afinal, caiu em boa terra; cresceu e produziu frutos" (Lucas 8:5-8).
A explicação de Jesus é também fácil de entender: "A semente é a palavra de Deus”.
E são quatro os tipos de solo onde a semente é lançada: beira do caminho, sobre as pedras, no meio de espinhos e boa terra. Ele explica cada solo:
A que caiu à beira do caminho são os que ouviram; mas em seguida vem o diabo e arrebata-lhes do coração a palavra, para não suceder que, crendo, sejam salvos.
A que caiu sobre as pedras são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria; estes não têm raizes no conhecimento de Deus, crêem apenas por algum tempo e, na hora da provação, se desviam.
A que caiu entre espinhos são os que ouviram e, no decorrer dos dias, foram sufocados com os cuidados, riquezas e deleites da vida; os seus frutos não chegam a amadurecer.
A que caiu na boa terra são os que, tendo ouvido de bom e reto coração retêm a palavra; estes frutificam com perseverança". (Lucas 8:11-15).
Jesus ensina que, às Escrituras é semente. E os tipos de solos são as várias pessoas as quais pregamos.




Consideremos três aspectos dessa parábola: o semeador, a semente e o solo.
1. O Semeador
É o trabalhador responsável pela semeadura. É ele que coloca a semente no solo. O trabalho do semeador é importante, uma semente guardada no celeiro, nunca produzirá frutos.
Mas, Jesus não dá nome ao semeador, não fala sobre sua aparência nem das suas capacidades. Isto é para entendermos que a identidade do semeador não é importante. A importância está na semente que deve ser lançada.
O semeador simplesmente põe a semente em contato com o solo. A colheita depende da combinação do solo com a semente.
Aplicação espiritual é que os seguidores de Cristo devem ensinar a palavra de Deus. Mas a identidade pessoal do semeador não tem importância. Por isto Paulo disse: "Eu plantei, Apolo regou; mas o crescimento veio de Deus. De modo que nem o que planta é alguma cousa, nem o que rega, mas Deus que dá o crescimento" (1 Coríntios 3:6-7).
Temos que ter muito cuidado, pois nos últimos dias, o semeador tornou-se uma figura principal e a semente é bastante esquecida. A propaganda das campanhas religiosas freqüentemente contém fotografia do orador e se dá grande ênfase ao seu nível escolar, sua capacidade pessoal e o desenvolvimento de sua carreira. Cuidado para não exaltarmos os homens.


2. A Semente
A semente é a Palavra de Deus. A colheita será resultado do evangelho dentro do coração puro.
A semente a palavra de Deus planta produz:
· Gera. para que fossemos como as primícias das suas criaturas. (Tiago 1:18),
· Salva. nossas almas pela palavra implantada. (Tiago 1:21),
· Regenera. para sermos incorruptível pela palavra que é viva e permanente.(1 Pedro 1:23),
· liberta ... e conhecereis a verdade e a vrdade vos libertará. (João 8:32),
· produz fé. A fé vem pelo ouvir a palavra de Deus. (Romanos 10:17),
· santifica. Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade.(João 17:17)
· e nos leva a Deus. Todos que ouve o pai e aprende dele, vem a mim. (João 6:45).
Há força e autoridade próprias da palavra para produzir cristãos como aqueles do tempo dos apóstolos. A palavra de Deus contém força vivificante. É necessário que homens e mulheres permitam que a palavra cresça e produza frutos em suas vidas; pessoas com coragem para quebrar as tradições e os padrões religiosos para simplesmente seguir o ensinamento da Palavra de Deus.
3. Os Solos.
É importante notar que a mesma semente foi plantada em cada tipo de solo, mas os resultados foram muito diferentes.
A palavra de Deus pode ser plantada em nossos dias; mas o resultado será determinado pelo coração daquele que ouve.
O solo de beira de estrada, duro, impermeável. Representa aqueles que não têm uma mente aberta e receptiva para permitir que a palavra de Deus os transforme. O evangelho nunca transformará corações como estes porque eles não lhe permitem entrar.
No solo pedregoso, as raízes das plantas nunca se aprofundam. Durante os tempos fáceis, os brotos podem parecer interessantes, mas abaixo da superfície do terreno, as raízes não estão se desenvolvendo. Como resultado, uma pequena temporada seca ou um vento forte, a planta murcha e morre. Os cristãos precisam desenvolver suas raízes por meio de fé em Cristo e de estudo da palavra cada vez mais profundo. Tempos difíceis virão, e somente aqueles que tiverem desenvolvido suas raízes abaixo da superfície sobreviverão.
A semente que germina entre espinhos e ervas daninhas crescem mais não produzem frutos. As ervas disputam a água, a luz solar e os nutrientes e, como resultado, sufocam a boa planta. Representa aqueles que ouvem a palavra mais os interesses mundanos dominam sua vida, e não resta energia para se dedicar ao estudo da palavra e uma vida dedicada ao Senhor.
Então, há o bom solo que produz fruto. Um coração honesto, bom, sensível ao chamado do Senhor e que produza frutos com perseverança. Que espécie de solo é você?

2 comentários:

Isabel disse...

A paz do Senhor, Ir. Otonilma. Sou a Isabel de Portugal, lembra-se? estava a ler o seu texto sobre a parabola do semeador e não quero deixar de lhe dar os parabéns, pois está lindo e eu não resisti a tentação e coloquei um link deste seu texto no meu blog. Deus abençoe seu trabalho tão maravilhoso nos blogs. Seu blog está muito lindo. Um abraço aqui de Portugal.

carmen disse...

a paz minha querida otonilma quero parabeniza-la pelo lindo trabalho e dizer que muito me ajudou numa reunião de mulheres a qui na minha igreja quero te agradecer por isto e dizer que é uma satisfação fazer parte desta família muito obrigada e um forte abraço!

DIA DA MULHER CRISTÃ 03 DE ABRIL. PARABÉNS!